Esperantina - PI, domingo, 16 de maio de 2021

Wellington participa de congresso de energia solar no Rio de Janeiro

Por Clenilton Gomes em 05/07/2017 às 15:12

Governador participa da abertura do Brasil Solar Power Conferências e Exposição (CCom)

A convite da presidência executiva da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o governador Wellington Dias participou, nesta quarta-feira (05), da abertura da 2ª Edição do Brasil Solar Power Conferências e Exposição, realizada no Centro de Convenções Sulamérica, no Rio de Janeiro. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual compartilhou a visão sobre o presente e o futuro da energia solar fotovoltaica no Brasil, na perspectiva dos investimentos da área no Piauí.

“O Piauí fica próximo à linha do equador e é um estado que hoje se destaca como o terceiro maior produtor de energia solar. Tem as maiores plantas em fase de implantação, com o grupo Enem Greenpower, o grupo GPG e agora o grupo Votorantin, que pactua uma produção híbrida com a Casa dos Ventos, uma produção de energia eólica e solar. No estado, nós temos uma característica de ventos fortes e mais constantes à noite e o que não falta é sol durante o dia, o ano todo”, explica Wellington.

O congresso, que encerra nesta quinta-feira (06), aborda temas atuais e estratégicos para o setor solar fotovoltaico e a feira de negócios reúne os mais variados investidores nacionais e internacionais do setor, trazendo diversas oportunidades no mercado que vem apresentando imenso potencial de crescimento.

Na abertura, Dias defendeu um marco regulatório e uma maior integração entre as equipes governamentais responsáveis pela regularização fundiária e de fiscalização ambiental. O governador ainda apresentou pontos que considera cruciais para a ampliação da produção de energia fotovoltaica no país.

“Pelo setor público, defendo a constância com leilões anualizados.A política fiscal é outro desafio. Nós iremos, por meio do Fórum de Governadores, encaminhar para o presidente Michel Temer e ministérios relacionados, a necessidade de uma política  fiscal que seja incentivadora, na entrada de insumos para o setor, por exemplo. Considero importante também uma política mais integradora para o pequeno produtor. São cerca de 165 gigas se a gente ocupar os telhados das residências existentes hoje, e isso casa com produção agrícola, produção irrigada, com o poder público nas escolas e hospitais”, sugeriu Wellington..

O chefe do Executivo piauiense também falou sobre o preparo do Piauí para receber novos investimentos na área de energia renovável.”O leilão será agora e nós já temos os pontos de conexão nos locais onde temos as condições de instalação, o que nos coloca com uma condição de ampliar, de uma forma muito gigante, para algo em torno de 20 gigas, nos cálculos que são feitos a partir dos atuais canais de transmissão”, concluiu Dias.

Na mesa de abertura, além do governador, estiveram presentes o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho; Rui Costa, governador da Bahia; Marconi Ferreira Perillo Júnior, governador de Goiás; Marcelo de Carvalho Miranda, governador de Tocantins. Também compartilharam a mesa, o presidente executivo da Absolar, Rodrigo Sauaia; e João Carlos Meirelles, presidente do Fórum Nacional de Secretários de Estado para Assuntos de Energia e secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo.

Brasil Solar Power

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, entidade representativa nacional do setor solar fotovoltaico brasileiro, possui mais de 180 associados nacionais e internacionais de todos os elos produtivos do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *