Esperantina - PI, sábado, 8 de maio de 2021

SSP apresenta relatório 2018 com dados da criminalidade no Piauí

Por Clenilton Gomes em 11/01/2019 às 08:38

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí através do Núcleo Central de Estatísticas e Análise Criminal realizou na manhã de terça-feira (08), no auditório da Delegacia Geral da Polícia Civil, a apresentação de dados comparativos sobre a criminalidade no Piauí.
O Piauí tem segunda melhor nota do Brasil na qualidade de dados criminais, segundo pesquisa realizada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Os dados extraídos dia 07 de janeiro de 2019 mostram a quantidade de drogas apreendidas, roubos, roubos de veículos, crimes violentos letais intencionais e feminicídios. ´´Com esses dados é possível que façamos uma análise e uma interpretação que Há muitos desafios com certeza. E nós estamos de forma preventiva e cautelar trabalhando nisso. Estamos desenvolvendo um sistema de gerenciamento de riscos vai responder as perguntas sobre quem são, tanto o criminoso como o crime´´, declarou o Secretário de Segurança Coronel Rubens Pereira.

O Relatório de Indicadores de Criminalidade, divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública, verificou que o número de homicídio doloso, roubo seguido de morte, lesão corporal seguida de morte  e estupro seguido de morte obtiveram uma queda de 13,13% no ano passado. Dos municípios do entrono de Barras, Piripiri teve o número maior de 11 a 29.

Esperantina e Barras tiveram entre 4 e 10 crimes. Cabeceiras entre 1 e 3
Boa Hora, Cabeceiras e Batalha de 1 a 3.

 
 O coordenador do Núcleo Central de Estatística e Análise Criminal (Nuceac), Delegado João Marcelo Brasileiro, apresentou dados do Piauí que chamaram atenção positivamente, na redução no número de crimes violentos letais e intencionais (CVLIs) considerável nos últimos quatro anos. Entre 2014 e 2018, os CVLIs reduziram em quase 30%. Com relação só ao ano de 2018, foram 613 crimes violentos letais e intencionais, ´´a menor taxa desde que a SSP adota o monitoramento constante´´, destacou coordenador do Nuceac.´´ Já em 2014 nós tivemos 727 crimes violentos letais e intencionais.´´, comparou ele. 
 
´´A redução do número de CVLIs mostra que estamos no caminho certo para a diminuição da criminalidade no estado no Piauí, o trabalho investigativo e ostensivo vem sendo feito pela polícia para diminuição dos pequenos roubos e assaltos que podem resultar em latrocínio. Uma das metas para nova gestão é trabalhar é trabalhar com estratégias que resultem na queda ainda maior desses números´´, declarou o Delegado Geral, Luccy Keiko.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *