Esperantina - PI, sábado, 20 de abril de 2024

Segurança lança Draco, anuncia registro de BO por WhatsApp e ações contra facções

Por Clenilton Gomes em 03/03/2023 às 14:24

O governador Rafael Fonteles (PT) e o secretário Estadual de Segurança Pública, Chico Lucas, anunciaram nesta sexta-feira (3) várias ações para a área da Segurança, entre elas a criação da Central de Registro de Boletim de Ocorrências do Piauí que vai possibilitar o registro de BO pelo WhatsApp, o lançamento do Draco (Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas), que substitui o Greco, além da criação de nove delegacias para combater as facções criminosas no estado.

Em solenidade realizada no Palácio do Karnak, o secretário Chico Lucas confirmou a criação da Central de Registro de Boletim de Ocorrências do Piauí. Através dessa medida, será possível o registro de BO através do WhatsApp.

“Nós vamos descentralizar tanto pelo WhatsApp, como também através da Central de Registro. Será um lugar físico, onde todo mundo pode ir registrar um boletim de ocorrências”, acrescentou Chico Lucas.

Questionado sobre quais crimes poderão ser registrados através do WhatsApp e da Central, o secretário enfatizou que qualquer um. Segundo Chico Lucas, o governo o sistema de inteligência artificial para atender o cidadão através do aplicativo de mensagens instantâneas.

“Você vai conversar com um robô, se de repente o robô percebe a necessidade de interação humana, você recebe uma ligação. Vai ser o primeiro do Brasil”, explicou Chico Lucas.

Lançamento do Draco

Nesta sexta-feira (3) ocorreu ainda o lançamento do Draco (Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas), que substitui o Greco e agora passa a ser um departamento que vai gerenciar quatro delegacias especializadas no combate a facções na capital.

Durante o lançamento do Draco, o secretário Chico Lucas defendeu a união entre as forças de segurança no Piauí. Para o gestor, só a harmonia entre as forças sera capaz de combater essas facções criminosas no estado. “Só há segurança pública quando há harmonia entre as forças de segurança. Vemos harmonia e muito companheirismos entre essas forças. Sem que vaidade prejudique qualquer tipo de trabalho. Draco vem somar às especializadas”, destacou o secretário.

Chico Lucas explicou ainda que a intenção do departamento será combater de forma mais direcionada as facções. Isso porque, segundo ele, quando os distritos policiais combatiam essas organizações criminosas, atacavam somente o crime local, o que fazia com a organização em si não fosse atingida.

“Todos os crimes têm uma integração. Estavam sendo combatidos por cada distrito de forma isolada. Agora, ficará a cargo do Draco mostrar para a cadeia criminosa como o Estado está organizada. Estamos confiantes no trabalho. Vamos eliminar esses grupos organizados do Piauí. Não há grupo mais organizado que o estado”, afirmou o secretário.

Rafael Fonteles cumpre promessa de campanha 

O governador Rafael Fonteles destacou em seu pronunciamento que em 62 dias de gestão está cumprindo uma promessa que foi feita durante a campanha: a criação de nove novas delegacias.

“Cumprindo a missão para fortalecer o combate aos crimes organizados no Piauí. Especialmente, contra facção criminosa. Para o Draco foram escolhidos delegados pela experiência quem têm. Vão exercer o papel que a sociedade tanto espera”, frisou Rafael Fonteles.

O governador conclamou ainda para que todos os atores que integram a segurança do Piauí façam sua parte nesse combate à criminalidade no estado.

“Como governador peço apoio de todos os poderes e da sociedade nessa luta para reprimir fortemente a criminalidade e levar o braço social do Estado a essas comunidades mais violentas. Isso que vai resolver a longo prazo. O problema tem que ser atacado nas duas pontas simultaneamente. A violência é resultado sobretudo da desigualdade social extrema que vivemos no nosso país”, lamentou Rafael Fonteles.

 

Veja medidas anunciadas hoje: 

Criação de 9 delegacias especializadas no combate às facções criminosas;

Transformar o Greco em Draco (Departamento de Repressão ao Crime Organizado);

Criação de Núcleo de Apoio à Repressão de Roubos e Furtos de Aparelhos Eletrônicos (NARFF);

Corregedoria será vinculada agora a Delegacia Geral e não mais ao Secretário de Segurança Pública;

Expandir o registro de BO para outras instituições;

Que a população possa fazer registro de BO através de WhatsApp;

Nomeação de 10 novos delegados;

 

Nove delegacias contra facções

O governador Rafael Fonteles anunciou a criação de 9 delegacias especializadas no combate a facções criminosas, sendo que quatro unidades vão ficar em Teresina como parte do Draco e outras cinco vão ficar no interior do estado.

Delegados que assumem as cinco novas delegacias no interior:

  •  Roni da Rocha Silveira – Unidade Floriano
  •  João Filipe de Araújo Sampaio Leite – Unidade Bom Jesus
  •  Lucas Klinger Marinho Leitão – Unidade Piripiri
  •  Agenor Ferreira Lima Junior – Unidade Picos
  •  Perikles da Fonseca Lima – Unidade Parnaíba

Delegados que vão ficar no Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) em Teresina: 

  •    Charles de Holanda Pessoa (Chefe do DRACO)

Delegados:

  • Francisco Carlos Eduardo Aquino Araújo
  • Francírio Lopes Queiroz
  • Júlio Cesar Ribeiro De Castro
  • Laércio Ivando Evangelista Pires Ferreira

 

 

Nataniel Lima
redacao@cidadeverde.com