Esperantina - PI, sábado, 20 de julho de 2024

PF desarticula quadrilha acusada de fraude milionária ao INSS no Piauí

Por Clenilton Gomes em 13/09/2022 às 10:58

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (13), a “Operação Falsa Campesina”, com objetivo de desarticular organização criminosa de Água Branca especializada em fraudes previdenciárias em benefícios como o salário-maternidade.

Ao todo, 22 policiais federais cumpriram 11 mandados na cidade de Água Branca, sendo cinco de busca e apreensão, três de prisão temporária e três de afastamento das funções. As ordens judiciais foram expedidas pela 1ª Vara Federal de Teresina.

Investigações

Segundo a Polícia Federal, 373 benefícios da espécie salário-maternidade foram fraudados em Água Branca, todos associados à organização criminosa investigada. Estima-se que o prejuízo ao INSS esteja avaliado em mais de R$ 1,2 milhão.

Ainda conforme a Polícia Federal, as fraudes eram realizadas com ajuda de dirigentes de sindicatos de trabalhadores rurais e de um servidor aposentado do INSS. Eles forjavam documentos e etapas dos processos administrativos de concessão dos benefícios a mulheres que não detinham a condição de trabalhadoras rurais.