Esperantina - PI, quinta-feira, 25 de julho de 2024

Governador anuncia R$ 20 milhões para zerar fila de cirurgias no Piauí até outubro

Por Clenilton Gomes em 24/03/2023 às 08:22

O governador Rafael Fonteles (PT) anunciou nesta quinta-feira (23) o aporte de R$ 20 milhões para a Saúde do Piauí. O objetivo é zerar a fila de espera para cirurgias eletivas. A ação faz parte do programa “Saúde em Dia”, lançado em solenidade no Palácio de Karnak.

Parte do recurso será um incremento dos cofres estaduais e a outra parte será destinada pelo Governo Federal. Segundo as informações repassadas pela equipe do governo, serão 6,9 mil cirurgias com recursos do tesouro do Piauí e 7,7 mil com tesouro federal.

Hoje, existem pelo menos 14 mil pessoas aguardando para realizar uma cirurgia eletiva no Piauí. O aumento da fila de espera se deu, devido à suspensão temporária dos procedimentos cirúrgicos durante a pandemia de COVID-19.

O objetivo do maior programa para a realização de de cirurgias é diminuir o tempo espera para, no máximo, 60 dias. Para o secretário de Saúde, Antônio Luís, esse é um marco histórico para o estado.

“O país todo tem uma fila enorme e por enquanto somente o Piauí está trabalhando para zerar. O aporte do governo federal não era o suficiente e o governador Rafael disse que não aceitava ninguém ficar esperando. Informamos que faltavam R$ 10 milhões e ele autorizou”, disse.

Na agenda, o governador também autorizou novos serviços em hospital estaduais. O objetivo é ter os serviços em funcionamento até junho deste ano.

Hospital Getúlio Vargas 

  • Cirurgia Cardíaca
  • Hemodinâmica Cardiológica
  • Assistência IAM/AVC (rede de cuidados)
  • Ambulatório pós-transplante renal
  • Cirurgia Oncológica
  • Oncologia Clínica

Hospital Areolino de Abreu

  • Serviço de Odontologia

Hospital Regional Tibério Nunes (Floriano)

  • Ambulatório de especialidades
  • Habilitação de ortopedia alta complexidade

Hospital Regional Deolindo Couto (Oeiras)

  • Pediatria 24h

Na solenidade, o governador Rafael Fonteles deixou o usual terno de lado e vestiu a camisa oficial do programa “Saúde em Dia”. Em discurso, o governador destacou que o Sistema Único de Saúde (SUS) é o melhor modelo do mundo. Porém, fez críticas ao subfinanciamento que a área da saúde enfrenta no país. O chefe do executivo também mandou um recado e disse que foi justamente por isso que escolheu o secretário Antônio Luiz, ex-secretário de Fazenda e auditor de carreira, para o cargo.

“O secretário não entende de saúde mas entende de financiamento, por isso que eu o escolhi [para a Sesapi] porque a grande dificuldade é alocar o recurso no lugar certo para que ele renda mais”, destacou Rafael Fonteles.

Vacinação

Durante a solenidade, o governador e o secretário de Saúde também lançaram uma campanha de vacinação contra várias doenças, como Covid-19, Pólio e Tétano. O governo está preocupado com o baixo índice de imunização para algumas doenças.

Rafael Fonteles anunciou confirmou que o Piauí vai aderir a uma campanha puxada pelo Ministério da Saúde e quer que o estado alcance elevadas taxas de imunização para reduzir doenças que podem ser combatidas com vacina.

Fonte: cidadeverde