Esperantina - PI, sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Celso Barros é eleito novo presidente da OAB com 41% dos votos válidos

Por Clenilton Gomes em 25/11/2018 às 10:01

O advogado Celso Barros Neto foi eleito neste sábado (20) o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional Piauí.  O anúncio oficial ocorreu por volta das 19h quando a votação teve que ser prorrogada devido ao voto de dois adventistas em Floriano. Celso Barros comandará a Ordem até 2021.

Em Barras, celso Barros também foi o mais votado teve 140 votos. Veja as zerésima (boletim de urna) de Barras. O advogado barrense Thiago Carcará agora será Conselheiro Federal. Ele e a mãe, advogada Conceição Carcará, arregaçaram as mangas na luta no apoio à Chapa 04, encabeçada por Celso Barros Neto.

 

A chapa 4 – liderada por Celso Barros – com o nome de  “Independência OAB” – obteve a maior votação com 3.024 votos  dos 7.216 votos válidos. A Chapa 1 (Lucas Villa) ficou com 37,44% (2.702) e a Chapa 2 (Carlos Henrique) com 20,64% (1.490). Duas pessoas votaram nulo e ninguém votou em branco.

Celso Barros vence uma das eleições mais disputadas da Ordem com direito a reviravolta na véspera da eleição. Ontem, a advogada Georgia Nunes desistiu de disputar à presidência e declarou apoio para ele. 

Celso venceu nas urnas de Teresina, Água Branca, Barras, Bom Jesus, Floriano, Picos e Uruçuí. Ganhando por uma diferença de 322 votos em relação ao segundo colocado. Na capital obteve 41,8% dos votos, enquanto Lucas Villa, candidato da situação, ficou com 35,7% e Carlos Henrique com 21,7%.

 

RESULTADO FINAL – ELEIÇÕES OAB-PI 2018

CHAPA 1 “OAB ABERTA”: 2702 VOTOS (37,44%)
CHAPA 2 “RUMO NOVO”: 1490 VOTOS (20,64%)
CHAPA 3 “REAGE OAB” (DESISTENTE): 47 VOTOS (NULOS)
CHAPA 4 “INDEPENDÊNCIA OAB”: 3024 VOTOS (41,92%)

TOTAL DE VOTOS VÁLIDOS: 7216

FONTE: ASSESSORIA OAB-PI

Mais de nove mil advogados estavam aptos a votar. A maior parte em Teresina, mas também tinha colégios eleitorais em 11 municípios onde a Ordem possui subseção.

O movimento Independência OAB, liderado por Celso Barros, tem como principais pautas a independência da instituição, enfrentamento em favor das prerrogativas da OAB e mais trabalho para os jovens advogados. “Os advogados precisam entrar no mercado de trabalho, precisam trabalhar, e isso se dá com a justiça mais célere. Então, na medida em que a OAB tem independência, nós temos condição de ter um diálogo mais natural com o poder judiciário, assim como os outros poderes constituídos”, Celso Barros Neto.

Após o anúncio da vitória nas urnas, Celso Barros Neto, agradeceu à família, militantes e apoiadores. O advogado também convidou a advocacia piauiense a se unir, independente da chapa escolhida.

“Vamos lutar por essa união assim como todos que a representam. Essa é a casa da cidadania. É a casa da Advogada, do advogado de todos nós. Não só da Chapa Independência OAB, mas também das outras duas chapas que concorreram, e a jovem advocacia também, que nos deu muito ânimo. Meu muito obrigado”, declarou o presidente eleito.

Além do presidente, a classe elegeu representantes da Diretoria do Conselho Seccional, de Conselheiros Seccionais, de Conselheiros Federais, da Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados, das Diretorias das Subseções e Conselhos de Subseções para o próximo triênio 2019/2021.

O voto era obrigatório para todos os inscritos na OAB-PI e ausência pode ser justificada por escrito até o dia 26 de dezembro de 2018. As urnas eletrônica foram instaladas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI). Os três candidatos compareceram para a votação ainda no período da manhã.

Há 40 anos, Celso Barros, avô do presidente eleito, presidiu a Ordem por cinco mandatos seguidos. Em 2019, a família volta para a OAB/PI.

A advogada Georgia Nunes também concorria às eleições, mas sua chapa renunciou a disputa ontem(23).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *