Esperantina - PI, quarta-feira, 17 de abril de 2024

Acusado de matar esperantinense é preso pela polícia e confessa crime

Por Clenilton Gomes em 27/03/2023 às 16:27

A Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Barras e Delegacia Regional de Esperantina, realizou a prisão na noite desse domingo (25), do nacional D. A. S., 19 anos, acusado de matar o esperantinense Manoel Alves Pereira Filho, ocorrido em fevereiro na Cachoeira do Barro, zona rural de Barras, na divisa com Esperantina.

O delegado Ayslan Magalhães, titular da delegacia de Esperantina, explicou que o homem foi preso na Avenida Avenida Raul Lopes em Teresina, por meio do ciclopatrulhamento da Polícia Militar e, durante depoimento, ele confessou o crime cometido.

Ainda segundo o delegado, Manoel Filho foi morto com uma forte pancada na cabeça e teve sua garganta cortada. Após as lesões o autor jogou a vítima ainda com vida dentro da cachoeira. Segundo laudo do IML, a causa morte foi afogamento.

O nacional foi interrogado na noite da prisão e confessou os fatos. Disse que matou porque teve um desentendimento entre os dois ocasionado pelo uso excessivo de bebida alcóolica, mas não disse o real motivo da briga. Ele confessou que cortou a garganta da vítima e jogou na cachoeira, mas disse que a pancada na cabeça foi ocasionado pela própria vítima que caiu entre as pedras e ele aproveitou a situação e cortou a garganta da vítima e jogou na cachoeira“, disse o delegado.

O assassino confesso encontra-se preso e à disposição da justiça.

Fonte: RevistaAZ