Esperantina - PI, terça-feira, 27 de outubro de 2020

Sejus autoriza retorno de visitas presenciais nas penitenciárias de todo Piaui

Por Clenilton Gomes em 14/10/2020 às 17:18

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), através de portaria, autorizou, a partir desta quinta-feira (15), o retorno das visitas presenciais nas unidades penais do interior do Estado. A portaria assinada pelo Secretário Carlos Edilson contempla mais uma flexibilização no sistema prisional por conta da pandemia do novo coronavírus. As visitas já acontecem nas unidades de Teresina e Altos, e, no interior, acontecerão conforme o cronograma de cada unidade penal.

O retorno das visitas presenciais no interior do estado contemplará as unidades penais de Parnaíba, Esperantina, Campo Maior, Oeiras, Floriano, Picos, São Raimundo Nonato e Bom Jesus. Os reeducandos das unidades de Teresina e Altos já recebem visitas presenciais desde o dia 1º de outubro.

“Com essa medida, todas as unidades do sistema prisional piauiense passam a receber o retorno dos visitantes. Seguiremos adotando todos os protocolos de saúde e de segurança sanitária para que tudo siga conforme planejamos. Já está acontecendo nas unidades de Teresina e Altos. É um novo momento e precisamos tomar todos os cuidados para que não aconteça aumento no número de casos de Covid-19 em nossas unidades penais”, comentou o Secretário Carlos Edilson.

O reeducando (a) poderá receber visita, a cada 15 dias, com duração de 40 minutos, de um familiar ou amigo devidamente cadastrado. Não serão permitidos visitantes com idade igual ou acima de 60 anos, menores de 18 anos, gestantes, visitas íntimas e pessoas que apresentem sintomas gripais.  Para os reeducandos que não recebem visitas presenciais, as visitas virtuais seguirão acontecendo. Em caso de aumento no número de casos da doença em unidades penais, as visitas serão suspensas nos estabelecimentos em que ocorrer esse aumento.

Foto: Thanandro Fabrício

Ramiro Pena

Assessor de Comunicação da Secretaria de Estado da Justiça

86 99509 1864

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *