Esperantina - PI, sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Política

Wellington descarta candidatura à presidência e trabalhará por Lula

Wellington descarta candidatura à presidência e trabalhará por Lula

Política
No meio político tem circulado a informação de que o governador Wellington Dias (PT) poderia se candidatar à presidência da República em 2018. Sobre a possibilidade, o governador destacou que não tem interesse em disputar o cargo.  Nesta segunda-feira (10), ele afirmou que vai trabalhar na reeleição do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT). “Particularmente, eu acho que o nosso campo político tem um líder que tem experiência e é um grande articulador. E chegando em 2018 será a melhor alternativa para o Brasil, que é o ex-presidente Lula. E não é porque é do meu partido”, destacou Dias. Após receber uma homenagem em São Luís (MA), na última semana, começaram a surgir as informações de que Wellington Dias poderia sair candidato à presidência da República pelo PT, contudo Wel
Ciro Nogueira ganha homenagem em solenidade de 120 anos de Floriano

Ciro Nogueira ganha homenagem em solenidade de 120 anos de Floriano

Política
O senador Ciro Nogueira (PP) foi homenageado pelo prefeito de Floriano, Joel Rodrigues, na noite desta sexta-feira (08), durante solenidade que marca o aniversário de 120 anos da cidade. O evento ocorreu no Espaço Maria Bonita e contou com a presença, dentre outros, do governador Wellington Dias e do deputado federal Mainha. Ciro recebeu a Comenda Agrônomo Francisco Parentes. “Agora, com essa comenda, a responsabilidade para mim só aumenta. Agradeço o carinho do meu prefeito Joel e de toda Floriano. A cidade tem recebido o maior volume de investimentos de sua história neste ano”, afirmou o senador. Ele se refere aos mais de R$ 8 milhões que já foram destinados através de emenda ao município, que serviram para atender obras de mobilidade e saneamento, como por exemplo a entrega
Acusadores criaram obra de ficção, diz advogado de Temer

Acusadores criaram obra de ficção, diz advogado de Temer

Política
Após a leitura do relatório favorável à aceitação da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), o advogado Antonio Claudio Mariz de Oliveira, responsável por defender o peemedebista, disse em sessão na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara que a acusação da Procuradoria Geral da República (PGR) é uma “obra de ficção”. Temer é acusado por crime de corrupção passiva pelo procurador-geral, Rodrigo Janot. “O conteúdo é um nada acusatório. Tanto é um nada acusatório que os seus acusadores, aqueles que elaboraram a peça assinada pelo procurador-geral, precisaram recorrer à ficção. Criaram hipóteses, levantaram suposições, adentraram no campo da criação intelectual. Eu tiro meu chapéu, porque criaram uma obra de ficção”, afirmou. Mariz disse que ficou chocado ao ver
STF rejeita mandado para suspender reforma trabalhista

STF rejeita mandado para suspender reforma trabalhista

Política
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, negou seguimento nesta segunda-feira a um mandado de segurança impetrado por senadores da oposição que pretendiam suspender a tramitação do projeto de reforma trabalhista por 20 dias. Projeto de lei deve ser votado neste terça no plenário do Senado. O mandado de segurança foi assinado por 18 senadores – a maioria do Partido dos Trabalhadores (PT) -, que pediam que fossem realizados os cálculos de impacto orçamentário e financeiro provocados pela reforma trabalhista. “A jurisprudência deste Supremo Tribunal consolidou-se no sentido de, em respeito ao princípio da separação dos Poderes (art. 2º da Constituição da República), ser incabível a judicialização de atos de natureza interna corporis praticados nas Casas
Governo aposta em trocas na CCJ para barrar relatório de Zveiter

Governo aposta em trocas na CCJ para barrar relatório de Zveiter

Política
Deputados de oposição celebraram o parecer favorável do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) à aceitação da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB). Já os governistas disseram acreditar que as trocas feitas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara derrubarão o relatório apresentado por Zveiter. O voto de Zveiter não foi uma surpresa para os governistas, mas a contundência com que o deputado se manifestou trouxe euforia à oposição e preocupação para a base aliada. “Foi um dia triste para o estado de direito”, declarou Carlos Marun (PMDB-MS), vice-líder da bancada peemedebista e membro da tropa de choque de Temer. A base aliada conta com a produção separada de um parecer contra a denúncia para ser aprovado como substitutiv