segunda-feira, outubro 22

Policial e agente passavam drogas, armas e informações para quadrilha, revela Greco

Por Clenilton Gomes em 05/09/2017

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (05/09) a Operação Malum, que tem por objetivo desarticular grupo criminoso composto por agentes públicos e traficantes, que vinham praticando crimes de tráfico, corrupção ativa, passiva e associação criminosa na região norte do Piauí.

Ao todo foram cumpridos mandados de prisões preventivas e buscas e apreensões nas cidades de Barras, Piripiri, Piracuruca e Teresina.

Dentre os investigados estão um agente de Polícia Civil de Barras e um agente Administrativo da Prefeitura de Barras lotado na delegacia do município.

A Operação contou com apoio de mais de 150 policiais civis do GRECO, DEPRE, Corregedoria de Polícia Civil, Diretoria de Inteligência da SSP-PI, Gerência de Polícia do Interior, Delegacias de José de Freitas, Altos, Piripiri, Piracuruca, Pedro II, Campo Maior, Castelo do Piauí, Barras, Batalha, Esperantina, Luzilândia e 8º DP, além da COPAER e Canil da PM-PI.

Ressalte-se que foi de fundamental importância para o desenvolvimento desta complexa investigação a competente atuação dos Juízes de Direito das Comarcas de Barras e Piripiri, Thiago Coutinho e João Bandeira, respectivamente, bem como da efetiva participação da Promotoria de Justiça de Barras, na pessoa do Promotor Silas Sereno Lopes.

A operação se deu através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado – GRECO, Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes – DEPRE, Delegacia Regional de Piripiri, Diretoria de Inteligência da SSP-PI e em parceria com a Promotoria de Justiça de Barras-PI.

Com informações da SSP-PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *