Esperantina - PI, sábado, 21 de maio de 2022

13 secretários estaduais são exonerados, Antônio Neto assume secretaria de Governo

Por Clenilton Gomes em 31/03/2022 às 11:14

13 secretários do primeiro escalão do Governo do Piauí foram exonerados de acordo com o diário oficial. O documento, do último dia 30, traz a saída de todos os gestores que serão candidatos nas eleições de outubro. As nomeações são assinadas pelo novo Secretário de Governo, Antônio Neto, que assume o lugar do até então secretário Osmar Jr. Nesta quinta (31) também deixa a gestão o governador Wellignton Dias que será candidato ao senado.

As mudanças já eram previstas, a legislação eleitoral exige a saída de qualquer gestor público que disputará um cargo eletivo, no mínimo seis meses antes da realização do pleito. Além dos secretários do primeiro escalão, também deixa o governo o diretor do Hospital Infantil Lucídio Portela, Vinícius Ponte, que será candidato a deputado estadual.

Veja a lista de todos os secretários que deixam o governo:

 

  1. Osmar Jr (Governo)
  2. Mainha (Representação em Brasília)
  3. Viviane Moura (Suparc)
  4. Fábio Novo (Cultura)
  5. Fábio Xavier (Cidades)
  6. Janainna Marques (Seinfra)
  7. Hélio Isaías (Transportes)
  8. Flávio Nogueira Jr ( Turismo)
  9. Florentino Neto (Saúde)
  10. Rafael Fonteles (Fazenda)
  11. Simone Pereira (Seagro)
  12. Castro Neto (DER)
  13. Cida Santiago (Cendrogas).

Novos nomes

 

A vice-governadora Regina confirmou que a partir do próximo sábado (02) já começa a substituição do secretariado. Cerca de 16 membros do primeiro escalão, além de Wellington Dias, devem deixar o governo do estado para concorrer nas eleições de outubro.  “Quando os atuais secretários apresentarem os seus pedidos de afastamento iremos nomear os novos, eles tem até o dia 02, então não posso ficar apressando ninguém. Acredito que todos até sexta apresentem os pedidos de afastamento. Vamos trabalhar para manter os técnicos no cargo”, afirmou Regina Sousa.

A vice-governadora ainda explicou que não irá impor a presença de mulheres na nova equipe, mas salientou que os novos secretários deverão ter afinidade política com o projeto de Wellington Dias. “Não posso impor para as pessoas quem ficará nas pastas, é um projeto político que todos irão trabalhar. Não posso exigir que indiquem mulheres para as secretarias. Quem puder deixar a indicação de mulheres vou adorar, mas também não vou impor. Não é só questão de deixar mulher, é preciso ter identidade com o projeto de governo”, concluiu Regina Sousa.

Fonte: portalodia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *